Os Primeiros Sinais de Alerta de Que Você Não é Uma Pessoa Produtiva

Rate this post

produtividade

Crescemos escutando de nossos pais a frase clichê “Deus ajuda quem cedo madruga”, não é mesmo?

Logo, criamos uma concepção de que só teremos sucesso se acordamos bem cedo e formos para rua, rumo à loucura do mundo corporativo e de trabalho.

Porém, o que percebemos é que nos ensinam a acordar cedo e mostram a importância do trabalho, mas, raramente, em nossa infância ou adolescência somos apresentados ao conceito chamado produtividade.

Você se lembra alguma vez de ter tido alguma conversa relacionada a este teme durante o seu período escolar?

Eu particularmente, não me lembro.

Este pensamento de rotina e trabalho nada mais é do que uma herança dos tempos antigos, até  hoje, não muito questionada pelas pessoas.

Tempos esses marcada pela Revolução Industrial, onde produtividade estava relacionada ao número maior de horas trabalhadas pela pessoa, onde a qualidade de vida não era um dos pré-requisitos e objetivos, época onde pessoas eram vistas como máquinas de produção.

Pois é, os tempos mudaram, mas a mentalidade ainda persiste em ficar na rotina da maioria dos brasileiros.

Mas como sempre buscamos a evolução, hoje, contamos com diversos psicólogos, profissionais da área que estudam constantemente o impacto negativo devido a uma rotina não elaborada e pensada a favor da vida de cada cidadão.

Por isso, quero esclarecer as principais características sobre a produtividade, por meio das seguintes abordagens:

  • Qual a relação entre a produtividade e a quantidade de horas que você trabalha?
  • Quem são os mestres do conceito de produtividade e o que eles defendem?
  • Quais são os hábitos das pessoas produtivas?
  • Descubra se você é uma pessoa improdutiva por meio de um teste de auto conhecimento.

E aí, gostou? Então continue lendo, porque tem muita coisa boa neste artigo feito especialmente para você.

Produtividade X Horas trabalhadas

correndo-contra-o-tempo-produtividade

Pesquisas revelam que o insucesso das pessoas está totalmente ligado aos seus hábitos, à forma como encaram sua rotina.

Sim pasmem, o sucesso do seu trabalho não está ligado a quantidade de horas que você fica no trabalho.

Não, não sou apenas eu que estou dizendo isso.

Uma pesquisa  publicada pela Revista Exame em 2013 afirma que um americano consegue entregar o mesmo resultado que um brasileiro trabalhando até 04 horas a menos que eles.

“Ah Valéria, então você quer dizer  que os americanos são mais inteligentes que nós?!?!”

NÃO, ABSOLUTAMENTE NÃO!

Esta pesquisa apenas mostra que esses americanos avaliados são pessoas PRODUTIVAS!

Vamos entender melhor:
Foram avaliados por um ano dois grupos de profissionais.

Um grupo de brasileiros e outro grupo de americanos, ambos avaliados em sua rotina comum do mercado, após um ano, constatou-se que um brasileiro gerou em torno de  US$ 22 mil de riqueza anual, enquanto o americano foi capaz de gerar US$ 100 mil, trabalhando menos horas.

Sim, ser mais produtivo é o que garante o seu sucesso e de uma empresa.

Por isso, cada dia mais os setores de Recursos Humanos estão encarando a produtividade e a forma de tornar seus colaboradores mais produtivos, algo essencial para as empresas que desejam se manter em um mercado, hoje, tão disputado.

Porém, hoje, quero falar sobre você, e para isso, vamos nos basear nas declarações dos dois especialistas em produtividade mais conhecidos no mundo.

Os mestres da produtividade

os-mestres

David Allen e Tony Schwartz.

David Allen é um consultor produtivo, conhecido no mundo inteiro pelo seu livro e Best Seller “A Arte de Fazer Acontecer“, recomendamos a leitura para qualquer pessoa que deseja entender melhor sobre sua rotina e como transformar seu hábitos a favor de seus objetivos.

E Tony Schwartz, presidente da empresa de consultoria The Energy Project e também autor do Best Seller “Be excelente at anything“, em português, “Seja excelente em qualquer coisa”.

Em diversos momentos, ambos já estiveram trabalhando juntos visando entender quais são os motivos que impedem as pessoas e empresas de crescerem.

Para esses mestres, o objetivo de cada um deles é  administrar a energia da mente e corpo de forma a produzir mais e um curto período, além de aumentar a produtividade sem a necessidade de se utilizar uma infinidade de recursos que muitas vezes, não temos acesso.

Segundo especialistas, você não precisa mudar quem você é, apenas aplicar técnicas que ajude você a ser uma pessoa produtiva.

Pense mais em você

pense-em-voce

Antes de descobrir como se tornar uma pessoa produtiva é necessários nos conhecermos, refletir sobre nossos pontos fortes e fracos, bem como  ter um olhar externo sobre a nossa rotina, hábitos e atitudes.

Sim, parar para apenas pensar em nós mesmos parece ser uma tarefa difícil meio a uma tumultuada rotina e tarefas em atrasos, não é mesmo?

Mas acredite!

O fato de você  ter dificuldade de tirar alguns minutinhos para pensar na pessoa mais importante, você,  já é um sinal ruim, mostrando que sua vida e hábitos não estão caminhando a favor de seus sonhos.

Muitas pessoas acham egoísmo dizer para si próprio que são as pessoas mais importantes.

Mas, reflita alguns segundos, se você, seu corpo e mente não estiver em equilíbrio e harmonia, como é possível sermos pessoas boas para aqueles à nossa volta?

Pensar em si mesmo e buscar ser uma pessoa melhor todos os dias, fazem e devem ser prioridade em sua vida.

A mudança de dentro para fora  é o que chamamos de evolução.

Por isso, hoje, vamos ajudar você a descobrir se você é uma pessoa produtiva ou não.

Os sinais da sua improdutividade

6-sinais-de-alerta-improdutividade

Antes de iniciarmos um teste que pode dizer muito sobre seus hábitos e a forma como eles colaboram ou não para a conquista de seus sonhos, quero deixar claro o significado de produtividade.

Produtividade está ligada à realização de tarefas que estão inseridas dentro de uma meta macro (meta maior, meta geral, meta final).

Logo, o sinal positivo ou negativo de produtividade está totalmente relacionado ao resultado final, em uma equação que compara a quantidade de produção x qualidade x tempo.

Quanto melhor a qualidade e quantidade em um menor tempo, melhor é o sinal de produtividade.

É comum repararmos em produtividade relacionada à produção de máquinas, porém, nós também podemos otimizar nossos recursos, mente e corpo a favor de nossos sonhos.

Sendo assim, peço que antes de continuar a leitura, busque um papel e uma caneta, ou se você for adepto totalmente a tecnologia, use o bloco de notas de seu celular ou computador.

Está preparado?

Vou descrever abaixo diversas situações e peço que seja sincero (a) ao dar notas de grau de afinidade e identificação com a situação.

A regra é simples:

Nota 01 ou 02 demonstra nenhuma afinidade com a situação.

04 e 05 representa uma situação totalmente comum e rotineira para você.

Vamos lá?

1) CONSCIÊNCIA E NÍVEL DE FELICIDADE EM RELAÇÃO AOS DIAS DA SEMANA

Está surpreso (a)?

Domingo a noite e você está desfrutando das últimas horinhas do final de semana, qual é o sentimento neste momento?

Ansiedade?  Agonia? Insatisfação por não querer que a semana comece?

Se esses e outros pensamentos e sensações negativas permeiam sua mente aos domingos saiba que este é um péssimo sinal e demonstra improdutividade em um nível elevador (neste teste, podendo ser considerado 05).

Sabe por quê?

Produtividade está  relacionado à motivação.

E  motivação nós temos quando queremos muito algo.

Logo, se você não deseja que a semana comece, como irá desejar e ter motivação para correr atrás de seus sonhos?

Reflita sobre o poder de sua mente. As vezes, mudanças são necessárias.

Se você não gosta do seu trabalho, o local, o ambiente, é um sinal, pois talvez a improdutividade está ligada à situação no qual você se encontra.

Situação essa em que você se colocou.

Trabalhar ou dedicar-se integralmente a algo que não te faz feliz é uma das situações que o torna improdutivo.

2) LISTA DE TAREFAS, O QUE É ISSO? NUNCA TIVE… PRECISA??

Sim, sabe aquela listinha que nossas mães geralmente usam para ir ao mercado, ou quando éramos adolescentes e elas deixavam algumas anotações de deveres a fazer?

Então, pessoas improdutivas não tem clareza de suas obrigações diárias.

Você tem ideia da quantidade de tarefa que você executa diariamente?

Melhor….

Você mensura a eficácia e a importância dessas tarefas para o seu dia a dia?

Se você respondeu NÃO a essas duas perguntas que acabei de fazer, pode inserir no seu teste um número 04 ou 05, pois a organização e transparência de seu esforço é um hábito das pessoas produtivas.

Sabe aquele refrão de uma famosa música brasileira “Deixa vida me levar, Vida leva eu”?

Descreve o poder da improdutividade sob as pessoas.

Assustador?

Sim, pois você deveria usar sua rotina a favor de seus objetivos.

A vida é uma só e você deveria valorizar sua rotina de forma a galgar e tirar do papel seus sonhos, experimentando o gostinho e o prazer da conquista.

3) QUANTOS DIAS DA SEMANA VOCÊ SE DEDICA A CUIDAR DE VOCÊ?

Lembra que falamos da importância de cuidar de nós mesmos?

Pessoas improdutivas geralmente estão, (digo estão, porque muitas vezes as pessoas acham que desorganização é algo de personalidade, irreversível, quando na verdade, elas tem o poder sob isso), desorganizadas, e isso faz com que não tenham controle de sua própria mente.

Resultado?

Pessoas improdutivas não dão à atenção a saúde e frequentemente estão doentes, com gripes e doenças que são provenientes de baixa imunidade.

Pessoas produtivas organizam e dedicam ao menos meia hora por dia, ou 3 vezes na semana para a prática de algum esporte, visando o bem-estar e saúde, sim, repare bem, pessoas produtivas estão sempre ativas, envolvida em atividades, conhecendo novos esportes.

Já pessoas improdutivas, culpam sua rotina e família como responsável por sua incapacidade de cuidar de si mesmo.

Sim, pessoas produtivas transformam sua rotina a favor de seu bem-estar, de forma a garantir uma saúde e qualidade para lutar por seus sonhos.

Se você não dedica esse tempo a você, pode colocar aí 04 ou 05.

4) METAS, QUAIS SÃO AS SUAS?

Você diariamente recorda qual é o seu propósito e o por que você está executando suas atividades?

Tem clareza de suas metas?

Pessoas  produtivas acordam  todos os dias e relembram suas metas de forma a trabalhar suas próximas horas em pró de seus objetivos.

Ta bom, você se lembrou de uma meta, certo?

Qual é o prazo para conclusão dessa meta?

Aí está o perigo…

O sinal de que você não  é uma pessoa produtiva está no prazo.

Sim, não ter prazos leva você a adiar tarefas, responsabilidades e consequentemente, eliminar suas chances de sucesso.

Pense nisso!

Sem metas e sem prazo? Com certeza é 05.

5) PESSIMISMO E RECLAMAÇÕES, COM QUAL FREQUÊNCIA?

Você já parou para pensar nas palavras que saem de sua boca?

Quais são seus primeiros pensamentos quando você sai de casa?

Está esperando o pior?  Se chover, você reclama?  Se estiver sol, você acha ruim?

04 ou 05, pode anotar.

Sua mente tem um poder enorme sob suas atitudes e futuro.

E  palavras negativas como reclamações e pensamentos pessimistas fazem de você uma pessoa improdutiva, afinal….

Para que tentar se você já se intitula como um perdedor?

Atenção, reclamar a todo o momento mostra sinais de que você não é uma pessoa pró-ativa determinada a resolver situações e caminhar rumo aos seus objetivos.

Logo, concluímos que, reclamar é muito mais fácil do que ser uma pessoa produtiva.

06) EVOLUIR, APRENDER, QUANDO FOI A ÚLTIMA VEZ QUE…

E como última situação, mas não menos importante, quando foi a última vez que você se dispôs a aprender algo novo?

Como está a sua capacitação para a área do seu negócio?

Ou até mesmo, quando foi a última vez que você fez uma reciclagem na sua área, profissão?

Já faz tempo ou nem faz ideia? Não tem como fugir, é 05 ou 04.

Um sinal de improdutividade está na falta de vontade e de coragem para evoluir.

Uma pessoa produtiva está constantemente envolvida em desenvolver suas habilidades, aprender coisas novas, evoluir.

Sair da zona de conforto é uma das tarefas diárias.

E você?

Quando foi a  última vez que se propôs a fazer e aprender algo novo??

Agora, avalie se você se vê improdutivo nas 06 situações do cotidiano que descrevemos acima.

Independente da sua resposta, saiba que, o fato de você estar lendo este artigo, mostra sua capacidade e força de vontade de pensar fora da caixinha e provocar as mudanças necessárias em sua vida.

Conclusão

Para o especialista Tony, que nós falamos no artigo, em uma matéria publicado pelo site Harvard Business Review, as pessoas acreditam que deveríamos agir como máquinas, em uma sequência de produtividade em alta velocidade, e este pensamento errado faz com que muitas pessoas mantenham-se na zona de conforto, sem acreditar em seu potencial em produzir melhor em prol de seus sonhos.

Tony afirma que o ser humano desenvolve suas habilidades quando se tiver uma rotina ou trabalhar de forma rítmica.

O que isso quer dizer?

Para estar vivo, o seu corpo já trabalha em forma rítmica, ou seja, seu corpo pulsa, seus músculos e órgãos trabalham em uma sintonia contraindo e relaxando de forma em período específicos, visando manter  o controle e equilíbrio do seu corpo.

Com a sua mente, não é diferente!

Para tornar-se uma pessoa produtiva é necessário encontrar o seu ritmo de produção.

E isso não envolve se “matar” de trabalhar viu.

Você precisa aprender, conhecer o seu corpo e mente, seus pontos fortes, de forma administrar a sua produção e seu repouso, de forma rítmica, recuperando energia.

Sim, trabalhar em pílulas, em tiros curtos durante o dia, faz de você, uma pessoa mais produtiva.

Utilize tudo o que você aprendeu aqui, coloque em prática e rumo a mudança!

>>>Mas antes, comente abaixo sua experiência e sua relação amigável ou não com sua rotina.<<<

Ficarei feliz em ajudar.

Até a próxima!

Agradecimento ao Freepik e Vector Open Stock pelo fornecimento das imagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *